Circo Mínimo
news menu leftnews menu right
Trajetória
 1988 – Circo Mínimo, de Rodrigo Matheus, direção de Eduardo Amos, com Alexandre Roit, Camila Bolaffi e Rodrigo Matheus.
1989 – What I Am, de Reinaldo Renzo e textos de Erik Satie, direção de Christiane Paoli Quito, com 8 artistas de diversos países. Apresentado em Londres e Edinburgo, coprodução com a Cia. Pimba, Você está Hipnotizado.
1993 - Prometeu, direção de Cristiane Paoli Quito, texto e interpretação de Rodrigo Matheus. Prêmios no Festival de Teatro de Curitiba.
1997 – Deadly, direção de Sandro Borelli, criação No Ordinary Angels. Com Deborah Pope e Rodrigo Matheus. Vencedor Cultura Inglesa Festival. Prêmio no Festival de Edimburgo, Escócia.
1998 – Orgulho, de Rodrigo Matheus, direção de Carla Candiotto. Com Rodrigo Matheus e Thibault Delor. Espetáculo contemplado com o Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz.
1999 – Moby Dick, de Hermann Melville, direção de Cristiane Paoli Quito. Com Eugênio de La Salvia e Rodrigo Matheus. Indicação para o Prêmio Shell de Melhor Cenografia.
2000 – Ladrão de Frutas, inspirado em “O Barão das Árvores”, de Italo Calvino. De Marcos Damigo, direção de Rodrigo Matheus. Com Ricardo Rodrigues e outros. Indicação para o Prêmio Coca-Cola Femsa.
2001 – História de Pescador, inspirado no romance “Velho e o Mar”, de Ernest Hemingway. Criação e direção de Rodrigo Matheus. Com Milhem Cortaz, Ricardo Rodrigues e outros.
2001 – Gravidade Zero, de Mário Bortolotto, direção de Elias Andreatto. Com Rodrigo Matheus. Vencedor Cultura Inglesa Festival.
2002 – Babel. Concepção e direção de Rodrigo Matheus. Com Ana Luisa Leão, Geraldo Filet, Ricardo Rodrigues e Ziza Brisola. Projeto vencedor do Cultura Inglesa Festival.
2003 – João e o Pé de Feijão, direção de Carla Candiotto. Criação de Carla Candiotto, Ricardo Rodrigues e Rodrigo Matheus. Com Ricardo Rodrigues e Rodrigo Matheus.
2006 – Road Movie, de Nick Whitfield e Wes Williams, direção de Carla Candiotto. Com Rodrigo Matheus. Projeto vencedor do Cultura Inglesa Festival.
2007 – !Circo Máximo!, criação, direção e interpretação de Alexandre Roit e Rodrigo Matheus. Vencedor do ProAC e do Prêmio Myriam Muniz Funarte.
2008 – Miranda e a Cidade, de Aimar Labaki, direção de Rodrigo Matheus. Com Marcelo Lazzaratto, Ricardo Rodrigues, Ana Luiza Leão e outros. Espetáculo realizado no SESI Av. Paulista.
2009 – NuConcreto, de Rodrigo Matheus, direção de Alexandre Roit e Rodrigo Matheus. Com Mariana Duarte, Ricardo Rodrigues e outros. Espetáculo contemplado pelo Programa de Fomento ao Teatro da Cidade de São Paulo.
2012 – Jucazécaju, de Gilles Eduar, adaptação de Rodrigo Matheus. Direção de Carla Candiotto, com Cafi Otta, Maíra Favacho e Manoela Rangel. Espetáculo infantil, selecionado para o teatro Alfa, indicado para o prêmio CPT – melhor espetáculo e pelo trabalho estético.
2015 – Simbad, o Navegante, de Carla Candiotto, Alexandre Roit e Rodrigo Matheus, direção de Carla Candiotto. Com Rodrigo Matheus e Ronaldo Aguiar. Espetáculo infantil mais premiado em 2015.
2015 – Charivari Brasileiro, direção Rodrigo Matheus. Com números de 07 (sete) escolas de circo de todo país. Para a terceira edição de Circos – Festival Internacional Sesc de Circo.
2017 – SobrevoltaS, de Giulia Tateishi Destro, Jan Leca, Renato Mescoki, Rubens de Oliveira e Rodrigo Matheus. Direção de Rodrigo Matheus. Produção do Circo Mínimo. Com Circo Enxame.
O Circo Mínimo já apresentou espetáculos na Espanha, Inglaterra, Escócia, Alemanha, Colômbia, México e Argentina, além de diversos estados brasileiros

title Filter     Exibir # 
# Título do Artigo
 


ZOL DESIGN - XHTML and CSS.